dadinho_tapioca

“…os caiçaras evoluíram aproveitando os recursos naturais à sua volta, que resultou numa grande intimidade com o ambiente. Povo anfíbio, entre o mar e a floresta, estas pequenas comunidades tentam, ainda hoje, preservar seus valores de grupo.” (fonte: http://fundart.com.br/tradicao/comunidades/caicara)

A maior prova de que a cultura caiçara ainda existe, como citado no texto acima, é a tradicional festa da mandioca, que acontece anualmente em julho na praia de Ubatumirim, aqui em Ubatuba. Festa essa que exalta as diversas utilizações desta raiz tão farta, secularmente cultivada e consumida por povos sul-africanos, asiáticos e do continente americano. Suas propriedades vão além dos temerosos carboidratos, uma vez que é responsável pela nutrição de milhares de pessoas ao redor do mundo; é rica em potássio, fibras, vitamina C e folato (ajuda no sistema imunológico), tem ação anti-inflamatória contra artrite, antioxidante e é altamente energética.

Eu particularmente consumo diversos pratos a base de mandioca e seus subprodutos como a tapioca. Seja aquele disquinho saboroso feito com polvilho doce hidratado (goma) ou a granulada, que normalmente uso para fazer cuscuz com leite condensado, entre outras receitas.

Adoro viajar, pois acredito que os benefícios vão além do material. Somos o que vivenciamos e a partir daí, surge sempre muitas oportunidades de aprendizado que vão além de nossas expectativas. Minha avó completou 90 anos dia 21/09/2016 e aproveitamos para fazer um grande encontro, uma festa regada com amor, união e saudades, muitos não se viam há anos e outros nem mesmo se conheciam. E tive o prazer de ver um grande talento em ação, meu primo José Júlio Tavares, proprietário e Chef de um restaurante em Cuiabá-MT, que fez o tão famoso Dadinho de tapioca e barbecue de goiabada com pimenta dedo de moça. O petisco já é um dos principais produtos vendidos em seu restaurante, ótimo para acompanhar uma cerveja artesanal ou um delicioso licor de pequi.

gran_bazar_pac_julio

Quem um dia for à Cuiabá e tiver curiosidade para conhecer seus encantos culinários, não deixe de ir ao Gran Bazar Pac, um lugar mais sustentável, criativo e natural com arte, gastronomia e moda, em um ambiente agradável, a poucos quilômetro da Chapada dos Guimarães e suas belas cachoeiras.

gran_bazar_pac_cuiaba

E vamos ao que interessa: as receitas.

Dadinho de tapioca – Ingredientes:

– 500g de tapioca granulada
– 500g de queijo coalho
– 1 litro de leite
– Sal à gosto
– pimenta do reino à gosto
– ½ nós moscada

Modo de preparo:

Misturar a tapioca granulada com o queijo coalho ralado, o sal, a pimenta do reino e a nós moscada ralada. Em uma panela, colocar o leite e quando começar a ferver, misture o preparo acima. Mexer durante 1 minuto sem parar. Colocar a massa em uma forma untada com manteiga e plainar com ajuda de uma espátula ou com a mão envolta em um saco plástico. Espere esfriar e leve para a geladeira para ficar em ponto de corte. Cortar em tamanho de “dados” e fritar em óleo (por imersão), com cuidado e sem encher muito para não colarem uns nos outros.

dadinho_tapioca_cru

Barbecue de goiabada com pimenta dedo de moça – Ingredientes:

– 150g de goiabada
– 250g de catchup
– ½ pimenta dedo de moça (se quiser menos ardido, tirar a semente)

Bater tudo no liquidificador ou mixer e levar ao fogo brando por alguns minutos para “soltar” o gosto da pimenta. Controlar a espessura, se necessário adicionar um pouco de água.

Servir os dadinhos com uma gota do barbecue em cima de cada um.
Esta receita rende em média 32 dadinhos, bom apetite !

Matéria escrita para o Jornal A Cidade Ubatuba

jornal_a_cidade_gastronomia_cultura_mandioca_20160930