É sabido que muito se aprende através de exemplos. Desde crianças as pessoas reproduzem o que vivem e o que vêem dentro de suas culturas levando consigo por onde quer que passem. Infelizmente, na correria dos tempos modernos a praticidade pode acabar extinguindo boas práticas que os mais antigos realizavam com tanta naturalidade.

O universo gastronômico evoluiu em muitos aspectos, hoje podemos criar ilimitadas experiências gastronômicas do trivial ao extremamente excêntrico e inusitado. Embarco em toda e qualquer experiência culinária com a mesma paixão porque não me vejo fazendo outra coisa na vida, mas sempre aplicando o que aprendi com exemplos como o que vou citar a seguir, que valorizam a qualidade, a sustentabilidade e o amor pelo ato de cozinhar.

No Brasil temos diversas instituições que trabalham para entendermos como é importante conhecer o que se come, cozinhar com consciência e exterminar o desperdício. O mais recente exemplo de como a sustentabilidade merece ser tratada como prioridade, surgiu entre a parceria de uma ONG brasileira, a Gastromotiva e um grande Chef Italiano, Massimo Bottura, onde vários chefs consagrados mundialmente cozinham com sobras de ingredientes (que iriam para o lixo) do Parque da Vila Olímpica no Rio de Janeiro durante as Olimpíadas, para alimentar cerca de 5.000 pessoas que não tem o que comer.

Não dá para ignorar algo tão importante assim e jogar no lixo as “sobras” do dia anterior ou mesmo deixar comida no prato com frequência. Pode não parecer, mas cada pequeno ato, somado aos outros milhares faz sim a diferença. Acredite no poder do exemplo, use ferramentas como a internet para conhecer melhor o potencial dessas sobras e alimentem o mundo com a esperança de um futuro sem fome.

Sobrou arroz? Faça um bolinho de arroz saudável e diferente…

Ingredientes:

2 xícaras de arroz cozido

½ cenoura ralada

1 cebola

2 ovos

50g de parmesão ralado

2 colheres de amido de milho

Salsinha e cebolinha a gosto

Sal e temperos secos a gosto

Azeite

Modo de preparo:

Corte a cebola em meias-luas não muito finas, leve ao fogo baixo em uma frigideira com um pouco de azeite até ficarem douradas. Junte à cebola, a cenoura ralada e a salsinha e cebolinha picadinhas, deixe refogar por uns 5 minutos. Desligue o fogo e coloque tudo em uma tigela e acrescente o arroz, o parmesão, sal e os temperos. Por último coloque os ovos e o amido de milho, misture bem. Unte a frigideira, depois de limpa, com azeite, deixe esquentar e coloque duas colheres da mistura e achate com as costas da colher, para ficar com formato de hambúrguer. Deixe dourar cada lado por cerca de 2 ou 3 minutos. Sirva os bolinhos com uma bela salada e bom apetite. Esta receita rende em média 4 bolinhos.

Matéria escrita para o Jornal A Cidade Ubatuba

jornal_a_cidade_materia_13082016